Do you need help? Please contact our support team from 9 to 17 CET via support.pressclub@bmwgroup.com.

PressClub Brasil · Article.

BMW Group segue firme no caminho certo

• Lucro antes do resultado financeiro (EBIT) no semestre excede € 5 bilhões pela primeira vez; • Sólido crescimento do volume de vendas, apesar dos mercados voláteis; • Forte aumento nas receitas do segundo trimestre para € 23,9 bilhões; • Lucro antes de impostos (EBT) próximo ao nível recorde do ano anterior; • BMW Group reafirma as metas para 2015.

Corporativo

Press Contact.

Talita Rodrigues
BMW Group

Tel: +55-11-5504-0400

send an e-mail

Munique, 5 de agosto. O BMW Group continuou com um bom desempenho no segundo trimestre de 2015. As receitas e o volume de vendas do grupo atingiram um novo patamar para o período de abril a junho, com o segmento de motocicletas tendo elevado o seu lucro antes dos impostos a um novo nível recorde. O lucro antes do resultado financeiro (EBIT) do grupo nos seis primeiros meses do ano ultrapassou € 5 bilhões pela primeira vez.

 

A fim de manter a sua estratégia de crescimento rentável, o BMW Group continua empenhado em alcançar uma distribuição equilibrada das vendas globais nas três principais regiões de vendas do mundo - Europa, Ásia e Américas - com o objetivo de evitar a excessiva dependência de mercados individualmente. Ao mesmo tempo, o mercado chinês está se normalizando, tornando-se assim cada vez mais competitivo.

 

As receitas do grupo no segundo trimestre aumentaram em 20,2% para € 23,93 bilhões (2014: € 19,90 bilhões). Impulsionado por fatores cambiais favoráveis, esse crescimento foi ainda mais acentuado do que o aumento do volume de vendas alcançado pelo BMW Group. Custos mais elevados com pessoal, aumento das despesas com novos produtos em fase de comissionamento e uma mudança no mix de modelos (geralmente envolvendo uma maior proporção de veículos compactos) foram as principais razões para um lucro antes do resultado financeiro (EBIT) abaixo do excelente nível alcançado no ano anterior. O EBIT totalizou € 2,52 bilhões (2014: € 2,60 bilhões; -3,0%), enquanto o lucro antes dos impostos (EBT) ficou em € 2,58 bilhões, levemente abaixo dos € 2,65 bilhões registrados no ano anterior (-2,7%). No segundo trimestre de 2014, o BMW Group alcançou seu melhor lucro antes dos impostos até hoje. Com € 1,74 bilhão, o lucro líquido para o período de três meses também chegou extremamente perto dos números do ano anterior (2014: € 1,76 bilhão; -1,0%).

 

As vendas mundiais dos veículos das marcas BMW, MINI e Rolls-Royce entre abril e junho aumentaram 7,5%, para 573.079 unidades (2014: 533.187), estabelecendo, assim, um novo recorde para o segundo trimestre.

 

O EBIT no primeiro semestre supera € 5 bilhões pela primeira vez

 

A receita do grupo para o período de seis meses iniciais do ano subiu 17,6% para € 44,85 bilhões (2014: € 38,14 bilhões), com fatores de câmbio impulsionando parcialmente o aumento, em contraste com o ano anterior. De modo geral, o lucro antes do resultado financeiro (EBIT) aumentou 7,5% no período de seis meses para € 5,04 bilhões (2014: € 4,69 bilhões), ultrapassando assim a marca de € 5 bilhões para este período pela primeira vez. Apesar de o resultado mais baixo do investimento contabilizado pelo método da equivalência patrimonial parcialmente refletir a normalização em andamento do mercado chinês, o lucro antes dos impostos (EBT) em € 4,85 bilhões, no entanto, superou os números recorde do ano anterior (2014: € 4,81 bilhões; + 0,8%). Este resultado foi alcançado apesar do fato de as perdas de valor justo dos derivativos financeiros segurarem esse indicador chave de desempenho. O lucro líquido do período de seis meses no valor de € 3,26 bilhões também foi levemente superior ao valor recorde do ano anterior (€ 3,22 bilhões; + 1,2%). O número total de carros vendidos pelo BMW Group durante o primeiro semestre do ano aumentou em 7,8% para 1.099.748 unidades (2014: 1.020.211 unidades).

 

"Permanecemos firmemente no caminho certo, alcançando os nossos melhores resultados até agora em termos de volume de vendas, receita e lucro", comentou Harald Krüger, o Presidente do Conselho de Administração da BMW AG, na terça-feira, em Munique. "Continuamos comprometidos em alcançar uma distribuição equilibrada das vendas mundiais e manter a flexibilidade necessária para reagir adequadamente ao desenvolvimento em mercados individuais."

 

O Executivo Financeiro (CFO) do grupo, Friedrich Eichiner, comentou sobre a situação na China: "Já há algum tempo, temos chamado a atenção para a normalização do mercado de automóveis chinês. Em médio e longo prazos, no entanto, continuamos completamente convencidos de seu potencial de crescimento, dada a relativamente baixa taxa de propriedade de veículos, infraestrutura bem desenvolvida do País e a forte afinidade da classe média em rápido crescimento quanto às marcas."

 

Segmento de automóveis: margem EBIT dentro da meta

 

As receitas do segundo trimestre do segmento automotivo do grupo cresceram 17%, para € 21,65 bilhões (2014: € 18,50 bilhões). O EBIT diminuiu para € 1,81 bilhões (2014: € 2,16 bilhões; -15,8%), refletindo as condições comerciais desafiadoras que prevalecem nos mercados individuais, impulsionadas, em especial, por uma concorrência cada vez mais forte. O desempenho também foi influenciado por mudanças no mix de modelos, com veículos compactos responsáveis por uma participação maior do que no ano anterior. O resultado do segmento antes dos impostos totalizou € 1,84 bilhões (2014: € 2,25 bilhões; -18,0%). A margem EBIT ficou em 8,4% (2014: 11,7%) e, portanto, dentro da meta de 8 a 10%. O retorno antes dos impostos sobre as vendas foi de 8,5% (2014: 12,2%).

 

Em comparação com o ano anterior, as receitas do segmento de automóveis para o período de seis meses foram 15,6% superiores, totalizando € 40,54 bilhões (2014: € 35,06 bilhões), refletindo o desempenho do volume de vendas e fatores cambiais favoráveis. O EBIT foi levemente inferior, a € 3,61 bilhões (2014: € 3,74 bilhões; -3,4%). A margem EBIT encerrou em 8,9% (2014: 10,7%) e, portanto, dentro da meta de 8 a 10%. O lucro antes de impostos para o período de seis meses totalizou € 3,47 bilhões (2014: € 3,89 bilhões; -10,7%). O retorno antes dos impostos sobre as vendas foi de 8,6% (2014: 11,1%).

 

A marca BMW registrou uma nova alta no volume de vendas no segundo trimestre, com 480.465 unidades (2014: 458.088 unidades; + 4,9%) entregues aos clientes. O volume de vendas para o período de seis meses cresceu em 5,2%, para 932.041 unidades (2014: 886.347 unidades). Diversos modelos se destacaram, incluindo o BMW X5 e X6, bem como as Séries 2 e 4.

 

Um total de 64.285 unidades (2014: 11.067 unidades) do BMW Série 2 foi vendido durante o primeiro semestre, impulsionado pelas vendas do novo Active Tourer e do Série 2 conversível. As vendas do BMW Série 3 caíram a 219.369 unidades (2014: 236.289 unidades; -7,2%), em parte devido ao fato de que os modelos Conversível e Coupé agora são considerados parte do BMW Série 4. Do mesmo modo, estes modelos ajudaram a impulsionar as vendas mundiais do BMW Série 4 para 79.351 unidades (2014: 47.031 unidades; + 68,7%).

 

A demanda pelos vários modelos da família BMW X permanece forte. O BMW X5 viu suas vendas aumentarem em 25,9% para 85.983 unidades (2014: 68.283 unidades) durante os primeiros seis meses do ano. Os números do volume de vendas para o BMW X6 foram igualmente impressionantes, com um aumento de 22,7% para 22.125 unidades (2014: 18.033 unidades). As chaves do novo BMW X4 foram entregues a 28.146 clientes. O BMW i também continuou a fazer bons progressos, com as vendas mais do que dobrando para 12.562 unidades (2014: 5.405 unidades).

 

A marca MINI registrou um aumento de 23,8% no volume de vendas no segundo trimestre, com vendas saltando para 91.626 unidades (2014: 74.028 unidades). O período de seis meses também registou um crescimento de dois dígitos, com vendas acima de 25,8% para um novo recorde de 165.938 unidades (2014: 131.896 unidades). Os aumentos mais destacados foram registados para os modelos MINI Hatch 3 e 5 portas, cujas vendas mais que dobraram, para 107.542 unidades (2014: 47.056 unidades). Um novo aumento deve ser gerado pelo novo MINI Clubman, que deve surgir nos showrooms no final de outubro na Europa.

 

A Rolls-Royce Motor Cars registrou seu segundo maior volume de vendas em seis meses na história da companhia, com 1.769 veículos entregues aos clientes durante o primeiro semestre de 2015 (-10,1%). A venda mundial no segundo trimestre ficou em 988 unidades (2014: 1.071 unidades; -7,8%).

 

Em linha com sua estratégia de alcançar uma distribuição equilibrada das vendas globalmente, o BMW Group registrou crescimento no volume de vendas em todas as suas principais regiões de vendas no período de janeiro a junho.

 

O primeiro semestre de 2015 viu um desempenho extremamente positivo na Europa, com vendas aumentando em 9,5%, para 488.490 unidades (2014: 446.188 unidades). O número de veículos vendidos na Alemanha durante este período aumentou 2,6%, para 137.830 unidades (2014: 134.308 unidades). A Grã-Bretanha - o quarto maior mercado do BMW Group - alcançou um aumento de 15,2% para 110.822 unidades (2014: 96.180 unidades) durante o período de seis meses, enquanto o número de veículos vendidos na França subiu 22,6% para 38.670 unidades (2014: 31.551 unidades). Um aumento de 8,5% foi registrado na Itália, com volume de vendas subindo para 35.980 unidades (2014: 33.157 unidades).

 

As vendas de veículos BMW e MINI na Ásia cresceu 4,4%, para 337.107 unidades (2014: 322.943 unidades) para o período de seis meses, incluindo um aumento de 2,3% nas vendas em território chinês para 230.788 unidades (2014: 225.490 unidades). Taxas de crescimento de dois dígitos foram registradas no Japão, com o aumento das vendas do semestre em 10,6%, atingindo 33.960 unidades (2014: 30.692 unidades).

 

Um bom desempenho do semestre também foi registrado para a região das Américas, com vendas de veículos do BMW Group subindo para 242.379 unidades (2014: 221.280 unidades), um aumento de 9,5% em comparação com o período correspondente ao ano anterior. Nos EUA, o volume de vendas aumentou 9,6%, com 199.418 unidades (2014: 182.008 unidades).

 

Segmento de motocicletas estabeleceu novos recordes

 

O segmento de motocicletas registrou seu melhor trimestre até o momento. As receitas do segmento para o período de abril a junho cresceram 17,8%, para € 622 milhões (2014: € 528 milhões), puxado pelo forte volume de vendas e um mix de modelos de alto valor. O EBIT melhorou para € 112 milhões (2014: € 55 milhões; + 103,6%), similar ao lucro antes dos impostos, que também aumentou para € 112 milhões (2014: € 54 milhões; + 107,4%). O volume de vendas aumentou em 11,3%, com 47.048 unidades (2014: 42.259 unidades). Os números dos rendimentos e de volumes de vendas marcaram novos recordes para um segundo trimestre. A tendência de alta nos negócios foi impulsionada pelos modelos BMW R 1200 R, R 1200 RS, S 1000 RR, S 1000 XR e F 800 R.

A BMW Motorrad também atingiu o seu melhor desempenho no primeiro semestre em mais de 90 anos de operações. A receita do segmento para o período de seis meses aumentou de 18,9% para € 1,18 bilhão (2014: € 1,00 bilhão). O EBIT melhorou para € 227 milhões (2014: €119 milhões; + 90,8%). O lucro antes dos impostos apresentou um quadro semelhante, com um salto de 93,2% para € 226 milhões (2014: € 117 milhões). O volume de vendas foi 10,5% maior com 78.418 unidades (2014: 70.978 unidades).

 

Segmento de Serviços Financeiros continuou com um bom desempenho

 

O segmento de Serviços Financeiros também continuou com um bom desempenho no segundo trimestre, registrando novos recordes para o período. As receitas do segmento foram 19,4% superior ao ano anterior em € 6,15 bilhões (2014: € 5,15 bilhões). O lucro antes dos impostos aumentou em 9,7% para € 496 milhões (2014: € 452 milhões), graças ao crescimento do novo negócio de clientes e uma posição de risco estável. Os fatores de taxa de câmbio também tiveram um impacto positivo.

 

As receitas do semestre cresceram 21,6%, para € 12,21 bilhões (2014: € 10,04 bilhões), enquanto o lucro antes dos impostos ficou em € 1,05 milhão (2014: € 905 milhões; + 16,6%).

 

Um total de 801.526 novos contratos (2014: 728.914 contratos: + 10,0%) foram assinados no período entre janeiro e junho em conjunto com os negócios de financiamento e leasing. A carteira de contratos de leasing e financiamento atual com clientes de varejo em 30 de junho subiu 6,6% para um total de 4.146.505 contratos (2014: 3.888.137 contratos).

 

 

A força de trabalho aumentou

 

O tamanho da força de trabalho do grupo aumentou 6,2% em 30 de junho de 2015, em comparação com o ano anterior. No geral, o BMW Group possui uma força de trabalho no mundo inteiro de 119.489 colaboradores (2014: 112.500 colaboradores). O BMW Group continua a recrutar engenheiros e outros trabalhadores qualificados, a fim de manter o ritmo da crescente demanda por veículos do BMW Group.

 

O BMW Group reafirma as metas para o ano

 

Graças à sua atraente gama de modelos, o BMW Group pode olhar para a frente com confiança no ano financeiro atual e reafirma as suas metas para o ano. "Em 2015 pretendemos alcançar um crescimento sólido e novos valores recordes para o volume de vendas e lucro antes dos impostos", afirmou Eichiner. O BMW Group também tem a intenção de permanecer firmemente como o fabricante premium líder mundial de veículos em 2015.

 

No entanto, a escala do aumento durante o período de previsão é suscetível à pressão por uma concorrência agressiva nos mercados de automóveis, ao aumento dos custos com pessoal e custos fixos, e aos próximos desafios relacionados com a normalização do mercado chinês. Riscos conjunturais também devem ser avaliados, incluindo o estado delicado do mercado russo e incertezas macroeconômicas na Europa. O ambiente político e econômico também deverá permanecer volátil.

 

Espera-se mais impulso para o ano em curso a partir do lançamento de um total de 15 novos e revisados modelos, assim como a previsão de desenvolvimento positivo dos mercados de automóveis em todo o mundo.

 

As receitas do segmento de automóveis devem crescer significativamente para o ano inteiro devido ao aumento do volume de vendas e fatores cambiais favoráveis. Reafirmamos nossa previsão de uma margem EBIT dentro de um intervalo alvo de 8 a 10% para o segmento automotivo.

 

O BMW Group espera que o segmento de motocicletas continue com a sua tendência ascendente influenciada sazonalmente durante o ano em curso, com um impulso adicional vindo de novos modelos. As vendas de motocicletas BMW ao longo do ano, como um todo, deverão crescer solidamente.

 

O segmento de Serviços Financeiros também deverá permanecer com um bom desempenho ao longo de 2015. Apesar do aumento dos requisitos de capital próprio ao redor do mundo, o BMW Group prevê um retorno sobre o patrimônio líquido (ROE) para 2015 em conformidade com o nível do ano anterior (2014: 19,4%), mantendo-se assim à frente da meta de pelo menos 18%.

 

As previsões do BMW Group para o ano fiscal de 2015 se baseiam no pressuposto de que as condições políticas e econômicas permanecerão estáveis.

 

BMW Group - panorama gearl

2º trimestre de 2015

2º trimestre de 2014 *

Alteração em %

Volume de Vendas

 

 

 

Automotivo                                   unidades

573.079

533.187

7,5

Dos quais:

BMW                                           unidades

 

480.465

 

458.088

 

4,9

MINI                                          unidades

91.626

74.028

23,8

Rolls-Royce                                 unidades

988

1.071

-7,7

Motocicletas

47.048

42.259

11,3

Força de Trabalho1

119.489

112.500

6,2

Fluxo de caixa operacional do

Segmento automotivo                   Milhões de euros

3.008

1.530

96,6

Receitas                                         Milhões de euros

23.935

19.905

20,2

Dos quais

Automotivo                                       Milhões de euros

 

21.650

 

18.504

 

17,0

Motocicletas                                     Milhões de euros

622

528

17,8

Serviços Financeiros                         Milhões de euros

6.154

5.155

19,4

Outras Entidades                                 Milhões de euros

1

1

-

Eliminações                                       Milhões de euros

-4.492

-4.283

-4,9

Lucro antes do resultado financeiro

(EBIT)                                             Milhões de euros

2.525

2.603

-3,0

Dos quais

Automotivo                                      Milhões de euros

1.819

2.161

-15,8

Motocicletas                                     Milhões de euros

112

55

-

Serviços Financeiros                         Milhões de euros

503

459

9,6

Outras Entidades                                 Milhões de euros

94

16

-

Eliminações                                       Milhões de euros

-3

-88

-

Lucro antes dos impostos (EBT)   Milhões de euros

2.582

2.654

-2,7

Dos quais

Automotivo                                       Milhões de euros

1.844

2.250

-18,0

Motocicletas                                     Milhões de euros

112

54

-

Serviços Financeiros                         Milhões de euros

496

452

9,7

Outras Entidades                                 Milhões de euros

144

25

-

Eliminações                                      Milhões de euros

-14

-127

89,0

Imposto de renda                               Milhões de euros

-833

-887

6,1

Lucro líquido                                   Milhões de euros

1.749

1.767

-1,0

Lucro por ação2                               Milhões de euros

2.66/2.67

2.68/2.69

-0,7/-0,7

* Números do ano anterior parcialmente ajustadas de acordo com a IAS 8

1 Os números excluem os contratos de trabalho inativos, funcionários no trabalho e em fases fora do trabalho, com acordos de trabalho de meio período para pré-aposentadoria, e escalões salariais mais baixos

2 Lucro por ação ordinária/preferencial

Em caso de dúvidas, por favor, contate:

 

Comunicação Corporativa do BMW Group

Max-Morten Borgmann, Comunicação para Negócios e Finanças

Telefone: + 49 89 382-24118, Fax: + 49 89 382-24418

max-morten.borgmann@bmw.de

 

Nikolai Glies, Diretor de Comunicação para Negócios e Finanças

Telefone: +49 89 382-24544, Telefax: +49 89 382-24418

Nikolai.Glies@bmwgroup.com

Internet: www.press.bmwgroup.com

E-mail: presse@bmw.de

 

 

Sobre o BMW Group

Com suas marcas BMW, MINI e Rolls-Royce, o BMW Group é o fabricante líder mundial de automóveis e motocicletas premium, além de oferecer serviços financeiros e de mobilidade diferenciados. Como uma empresa global, o BMW Group opera 30 instalações de produção e montagem em 14 países e comercializa seus produtos em mais de 140 nações. 

 

Em 2014, o BMW Group vendeu cerca de 2.118 milhões de automóveis e 123.000 motocicletas em todo o mundo. O lucro antes dos impostos para o ano contábil de 2014 foi de 8,71 bilhões de euros, sobre uma receita de 80,40 bilhões de euros. Em 31 de dezembro de 2014, o BMW Group contava com 116.324 colaboradores. 

 

O sucesso do BMW Group sempre foi construído com base no pensamento de longo prazo e ação responsável. Assim, a empresa estabeleceu sustentabilidade em toda a sua cadeia de valor, responsabilidade total pelos seus produtos e comprometimento claro com a conservação dos recursos como partes integrantes da sua estratégia.

 

Para mais informações sobre a BMW do Brasil acesse: 

www.bmw.com.br

Facebook: www.facebook.com/BMWBrasil

Twitter:  www.twitter.com/BMWOficial

Youtube: www.youtube.com/BMWTVBrasil

BMW ConnectedDrive: http://www.bmw.com.br/br/pt/insights/technology/connecteddrive/2010/aplicativos/index.html

 

 

 

My.PressClub Login
 

BMW Group Streaming

THE NEXT 100 YEARS WORLD TOUR - LOS ANGELES.

Follow the transmission of the press conference "Iconic Impulses. The BMW Group Future Experience." in Los Angeles.

Visit the official press streaming portal of the BMW Group. We provide live and on demand streams of the BMW Group free of charge and at first hand.

OPEN PAGE

CO2 emission information.

Fuel consumption figures based on the EU test cycle, may vary depending on the tyre format specified. Further information on official fuel consumption figures, specific CO2 emission values and the electric power consumption of new passenger cars is included in the “Guideline for fuel consumption, CO2 emissions and electric power consumption of new passenger cars", which can be obtained from dealerships and here as PDF.

Latest Facts & Figures.

Nova tabela de preços do BMW Group Brasil
Thu Nov 05 19:16:14 CET 2009
Finanças, Fatos, Números
Show all

Add your filter tags.

Informação à Imprensa
Kit de imprensa
Discurso
Fact & Figures
Updates
Top-Topic
Submit filter
Clear all
 
Sun
Mon
Tue
Wed
Thu
Fri
Sat
 
Login